Atenção aos Suplementos de Proteína e a Saúde dos Rins

De uns anos para cá, a busca desenfreada pela beleza, pelo corpo musculoso (sem nenhum percentual de gordura) vem aumentando de forma perigosa. A indústria, de olho no consumidor desavisado, lançou inúmeros produtos à base de proteína, em especial a partir da proteína do leite, a caseína, divulgando que é preciso consumir uma quantidade enorme de proteína para atingir o “resultado almejado”.  A preocupação com a estética e a propaganda massiva tornaram-se perigosas, pois não levam em consideração nenhuma consequência para a saúde.
O consumo excessivo de alimentos ricos em proteínas e suplementos à base de proteína podem causar danos aos rins, problemas no fígado, diminuição da densidade óssea, dentre outros problemas. Alguns estudos têm direcionado estes hábitos nocivos à saúde ao aumento da incidência de certos tipos de câncer, como o de fígado.
Especificamente para os rins, as bebidas com suplementos (ou shakes) compostos por grandes doses de proteínas ou substâncias precursoras destas, como os aminoácidos, podem aumentar o risco de pedras nos rins, por cristalização de moléculas dentro do próprio rim.
É importante levar em conta a moderação no consumo de proteína (em especial a de origem animal) e o uso de suplementos alimentares, assim como o check up regular do funcionamento e integridade do organismo.
Recomenda-se também não substituir nenhuma refeição balanceada e diversificada por bebidas ou suplementos de proteína. Cuide da sua saúde!!!

2 Comentários

  1. M. Henrique disse:

    Olá, tudo bom?

    Curti muito esse blog.

    Cumprimentos!

    Marcio do Guia do Somatodrol

  2. Mari disse:

    Olá

    Curti muito esse conteúdo.

    Beijos!

    Mariana Netshoes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *